sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Dificil retorno

Finalmente conheci Pedro. Um jovenzinho valente, esforçado e obediente. Pequenino no tamanho mas de uma força estupenda.
Pegá-lo em meus braços, tocar seu rosto, pegar suas maõzinhas pequeninas foi como se eu tivesse de fato encontrado o meu maior objetivo na vida. O amor incondicional. Aquele que se da sem esperar nada em troca.
Foram cinco dias mas que para mim significaram muitos anos.
Relembrei seu pai quando criança pequenina em meus braços. As noites acordadas tentando aplacar a fome e as dores de barriga.
O primeiro sorriso, os primeiros dentes.... a primeira caminhada ... a primeira pedalada na bicicletinha pequenina
Relembrei o passado vendo o futuro através daqueles grandes olhos escuros. Através de um sorriso que vi surgir no rostinho do meu neto apos uma mamada como se os bebes sonhassem com seios bons que os amamentam....
Minha felicidade em te-lo nos braços me fez esquecer das dores da coluna, de tudo que me fazia ficar imovel.
E caminhei pelas nuvens dos meus sonhos leve e feliz com Pedro nos braços. Um bebe que promete.... apressadinho como ele só...
Difícil foi voltar para Brasilia e deixá-lo em Porto Alegre,.... mas agora vovó ja sabe onde vai passar suas ferias todos os anos......a beira do Guaíba, vendo o por do sol e caminhando de mãos dadas com a felicidade das mãozinhas que com certeza no futuro serao as que me ajudarão na caminhada....
Em breve colocarei as fotos nossas por aqui

Um comentário:

  1. Oi AMIGA,
    QUE BOM SENTIR A SUA FELICIDADE! VIVA O PEDRO!
    BJS,
    ADIR

    ResponderExcluir